O que fazer com seu bebê recém-nascido

CHEIRE
Sinta seu cheiro assim que ele nascer. É o cheiro mais incrível que existe. Selvagem. Animal. Cheiro de vida. Se possível, avise na maternidade para não dar banho no bebê assim que ele nascer, isso pode esperar. Assim você pode sentir esse cheiro por mais tempo. E de quebra ainda pode dar você mesma o primeiro banho do bebê, no dia seguinte. Mas sinta seu cheiro, é algo único. E delicioso.

Depois disso, aprecie todos os cheiros que ainda virão: o bafinho de leite, maravilhoso; o cheirinho doce do cocô de quem só toma leite materno; o perfume do sabonete que nos faz lembrar da própria infância. Esses cheiros deixam saudade, portanto, aprecie cada um deles.

TOQUE
Toque sua pele assim que ele nascer. É a pele mais macia que existe. Assim como a nossa pele fica macia depois de passar muito tempo dentro de uma banheira de água morna, a pele do bebê é muito lisinha. Se possível, fique sem roupa para tocar o bebê com toda a sua pele também. Ajuda a manter a temperatura do bebê estável, permite que ele também sinta seu cheiro e, de quebra, ajuda na amamentação. Faça-lhe carinhos. É mágico.

Depois disso, de muitos abraços, segure muito no colo, mesmo quando estiver dormindo, pois para o bebê não há lugar em que se sinta mais seguro do que no seu colo, envolvido no seu abraço. Perceba como o pequenino se encaixa em seus braços e seu peito antes que ele cresça.

ESCUTE
Escute seu chorinho assim que ele nascer. É o som mais agradável que existe. O som da vida. Com o tempo, o bebê passa a chorar de um jeito diferente e a gente acaba esquecendo como é o choro de um bebê novinho. Lembra apenas da sensação. Não é dor nem medo, apenas comunicação. É encantador. Da um alívio. Da uma aflição. Faz o leite correr. Grave esse som, se puder, para ouvir anos depois. É musical.

Depois disso, aguarde o primeiro suspiro, o primeiro espirro, o primeiro balbucio ou um bocejo. Os bebês fazem barulhinhos encantadores que nunca mais se repetirão, à medida que ele aprende a se comunicar melhor. Novos sons surgem e outros somem, escute todos.

OBSERVE
Fite os olhos do seu bebê assim que ele nascer. É o olhar mais profundo que existe. Na fase final do parto o corpo da mãe produz adrenalina e, quando o bebê nasce, está sob influência desse hormônio também, por isso nasce alerta e de olhos bem abertos. Vocês dois estarão prontos para se apaixonar. Namore seu bebê. Olhe nos olhos sem pressa. É profundo.

Depois disso, note o tamanho de suas mãozinhas e pezinhos, faça fotos ou carimbos e se surpreenda, meses depois, com o quanto eram diminutos os seus dedinhos. Observe seus movimentos, como esfrega o rosto ou leva as mãos à boca quando tem fome, tudo é comunicação.

PROVE
Isso mesmo: prove. Se tiver vontade, pode dar uma lambida no bebê logo que ele nascer. Eu tive vontade, mas fiquei com vergonha e me arrependo de não ter provado. Mas prove mesmo o leite que seu bebê vai tomar. Depois de provar o gosto horrível do leite artificial eu tive ainda mais certeza do quanto eu queria insistir na amamentação. O leite materno é doce, eu provei. Lembra o leite de vaca, mas é muito melhor.

Depois disso, prove novamente tudo o que você tem comido e pense se é isso o que você espera que seu bebê coma. Planeje suas refeições para garantir saúde e bem estar para vocês dois, pois enquanto o bebê mamar, vocês compartilharão nutrientes. E porque desde sempre, nós aprendemos pelo exemplo. E assim, quando ele for iniciar a introdução alimentar, já terá o paladar preparado para saborear tudo de saudável que você lhe oferecerá do próprio prato, eu espero.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s